compulsão por doces

É comum que dietas e iniciativas para emagrecer esbarrem em alimentos como os doces

Nesse momento de encerramento do ano e preparação para um novo período, frequentemente as pessoas se dispõem a fazer dietas e tornar a alimentação e a vida mais saudável. Em alguns casos, no entanto, há uma maior dificuldade em conseguir os objetivos em função das compulsões alimentares, em especial a por doces.

Confira neste conteúdo da Flor de Lis dicas para tratar a compulsão por doces!

Como perceber uma compulsão alimentar 

É importante, antes de tudo, saber identificar uma compulsão alimentar. Esse problema é considerado um distúrbio alimentar, que pode ser percebido por alguns sintomas como: 

  • comer mais rápido que o normal
  • comer mesmo sem fome
  • continuar comendo após estar saciado
  • comer sozinho ou escondido
  • sentimento de culpa por comer demais

A compulsão por doces

No caso da compulsão alimentar por doces, alguns problemas se acrescentam na conta do distúrbio. 

Quando ingerimos os açúcares, aumenta a liberação de insulina no corpo, o hormônio que quebra o carboidrato. Com isso, o nosso organismo pede por reposição da energia que foi embora nessa liberação. A partir daí, sentimos a necessidade de comer mais açúcar. E assim o ciclo se repete e se transforma em compulsão.

Ainda, a compulsão por doces é comum em casos de transtornos mentais, como estresse e ansiedade, que fazem com que o doce funcione como compensação emocional e caia em um ciclo vicioso.

Como tratar a compulsão por doces

Um bom primeiro passo para cuidar da compulsão por doces é entender como ela funciona para você. Para isso, uma dica é fazer um diário alimentar. Com o diário, você terá por escrito tudo que está comendo e poderá ver, na prática, os horários e alimentos que estão contribuindo para a compulsão.

A segunda dica é parar com os doces em intervalos específicos. Tente se organizar para comer doces somente em horários definidos, diminuindo a quantidade total do dia. Para alguns, tentar ficar um dia sem comer já ajudará a perceber o tamanho do problema e começar um tratamento mais rigoroso.

Substituições alimentares são a terceira dica. A ideia é ir, aos poucos, reduzindo a quantidade de doces com excesso de glicose por doces mais saudáveis e que não atrapalhem o funcionamento do organismo. 

Ou seja, a ideia é não cair no ciclo vicioso da compulsão. O chocolate 70% e as frutas são as principais recomendações. Procure um nutricionista para dicas mais adequadas para o seu problema.

A dica final é contar com cápsulas destinadas ao controle da compulsão por doces. As Cápsulas Anti Doces Flor de Lis contam com ativos de ação hipoglicemiante, que ajudam a inibir o gosto doce da glicose na boca. Além disso, contém Picolinato de Cromo, que facilita a entrada de glicose nas células, fazendo com que o ciclo vicioso da compulsão não aconteça. 

As cápsulas, ainda, contribuem na redução de estresse e ansiedade, para evitar que esses distúrbios gerem a vontade incontrolável de comer doces.

Agora que você já sabe como tratar corretamente a compulsão por doces, confira no site da Flor de Lis todos os produtos voltados para emagrecimento saudável e controle do apetite.